Home » Saúde

Menopausa precoce na mulher

Cerca de 3% das mulheres de todo o mundo estão sujeitas a menopausa precoce. Saiba mais sobre este assunto no Mulher Dicas.

Menopausa precoce

O organismo da mulher passa por diversas fases ao longo da vida, estas se encaixam em dois períodos que é o fértil e não fértil. Desde a menarca que é a primeira menstruação, até os trinta anos, a mulher está em uma fase considerada fértil, ou seja, é a fase em que o útero produz óvulos naturalmente. A partir dos trinta e cinco anos, a produção de óvulos sofre uma diminuição e junto também vem a menor produção de hormônios, isso significa que o organismo está se preparando para cessar sua atividade reprodutiva (parar a produção de óvulos), mesmo que a menopausa ocorra quinze ou vinte anos depois.

Em alguns casos a mulher pode sofrer com a menopausa precoce, que é antes dos 35 anos de idade, dificultando a mesma em uma gravidez natural. Quer saber mais sobre a menopausa precoce? Então confira os tópicos a seguir.

Causas da menopausa precoce

A menopausa precoce é um quadro clínico no qual a mulher entra antes dos 35 anos de idade, ou seja, é a fase em que ela fica um ano ou mais sem menstruar. A menopausa precoce caracteriza-se pela falência ovariana prematura (FOP) em uma mulher jovem, que é a perda temporária ou definitiva da função gonadal (produção de hormônios). Essa perda da função gonadal faz com que haja a diminuição do número de óvulos, até que essa produção cesse definitivamente, impossibilitando a mulher de ter uma gravidez.

Menopausa precoce causas

Sintomas da menopausa precoce

Os sintomas são comuns de uma menopausa em idade comum, fogachos, suor intenso, irregularidade menstrual, ressecamento vaginal, diminuição do tônus da bexiga causando a incontinência urinaria, dor de cabeça, insônia, irritabilidade, alteração nos cabelos, pele e unhas, perda de memoria, retenção de líquidos, fadiga, aumento do peso, perda de tônus muscular, flacidez da pele, ansiedade, depressão e alterações de humor.

Estes sintomas atingem cerca de 80% das mulheres antes da última menstruação que geralmente ocorre irregularmente e pode cessar por alguns meses, em seguida cessar definitivamente. A mulher que sofre com a menopausa precocemente, pode haver alterações psíquicas muito comum, devido a maturidade do organismo ser diferente da maturidade psicológica.

Mulher com indisposição

Tratamento da menopausa precoce

O tratamento para quem sofre com a FOP (falência ovariana precoce) deve ter acompanhamento médico regular que indicará a reposição hormonal (TRH), o acompanhamento psicológico também é indicado, pois a mulher nesta fase necessita de auxilio para lidar com as mudanças precoces em seu organismo.

Por isso além dos medicamentos para reposição, é preciso aderir a um estilo de vida mais saudável como a pratica de exercícios físicos que são recomendados para que seja prevenido casos de osteoporose e o aumento de peso, além de outras doenças que estão ligadas a queda hormonal significativa causada pela menopausa.

As mulheres que ainda não foram mães, é preciso de acompanhamento, já que as chances de concepção são menores que 10%, a fertilização in vitro é o método mais eficaz e recomendado.

Menopausa precoce tratamento

Qualquer alteração hormonal em fase fértil necessita de atenção, além da menopausa, as alterações podem estar ligadas a outros problemas, por isso procure sempre um médico especialista, caso notar os sintomas.

Saiba mais sobre a menopausa

Publicado por Konteudo.com
Revisado em 18/11/2013

Compartilhar

Receba novidades

Comentar